Fechar

Aeroportos



Compartilhar:

RSS

Guarulhos opera abaixo da capacidade em janeiro de 2021

Guarulhos opera abaixo da capacidade em janeiro de 2021

A GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, registrou em janeiro de 2021 a movimentação de mais de 2,2 milhões de passageiros. As restrições de movimentação e fechamentos de países e cidades impostas pela pandemia da Covid-19 resultaram na redução de 46% quando comparado com os números contabilizados no mesmo período de 2020, quando foram registrados 4,2 milhões de passageiros e 27,3 mil pousos e decolagens (nacionais e internacionais).

O mês de janeiro registrou cerca de 1,9 milhão de passageiros com origens ou destinos nacionais, em uma média de diária de 481 pousos e decolagens. Esses números ainda representam uma redução de 32 % quando comparado com a movimentação do mesmo período do 2020, onde foram processados, em média, 95.400 passageiros por dia em destinos nacionais.

O tráfego internacional representou apenas 13% do volume de passageiros total que passaram pelo aeroporto, totalizando cerca de 9.400 passageiros por dia. Quando comparado com o mesmo período de 2020, apresenta uma queda de 77,1%, quando foram transportados cerca de 41.000 passageiros por dia.

O Terminal de Cargas administrado pela GRU Airport, movimentou em janeiro de 2021 cerca de 19.000 toneladas entre importação e exportação. Comparado com o mesmo período do ano anterior, esses números representam um crescimento de 3% na exportação.

Foto: Divulgação

 



SAIBA MAIS

Industria

24/02/2021


A indústria de aviação não deverá atingir o ponto de equilíbrio neste ano   Quando a IATA divulgou sua previsão para o mercado global de aviação em dezembro, havia grande esperança de que o aumento na atividade seria positivo até 2021. Com a vacina aprovada e as fronteiras começando a reabrir, a IATA previu um primeiro semestre desafiador, mas com esperança de um final de caixa positivo para 2021. Mas nas semanas que se seguiram ao lançamento das perspectivas de dezembro da IATA, novas variantes do Covid começaram a surgir e viram as fronteiras em todo o mundo mais uma vez fechadas. Isso colocou as previsões da Associação em turbulência e não é um bom presságio para uma forte recuperação no segundo semestre do ano. Falando em uma entrevista coletiva, o economista-chefe da IATA, Brian Pearce, observou que 2021 mostra um forte desvio em relação ao otimismo das perspectivas de dezembro. Dois cenários foram delineados; o primeiro em que os governos estavam ansiosos para abrir as fronteiras assim que os vulneráveis ​​fossem vacinados e o segundo em que a reabertura adotou uma abordagem mais cautelosa. Foto: Divulgação    


Aeroportos

24/02/2021


Viracopos registra alta de carga movimentada em janeiro   Em janeiro deste ano, foram movimentadas pelo aeroporto 23,5 mil toneladas de carga ante 15,1 mil em janeiro de 2020 e 17,4 mil toneladas de janeiro de 2019, mantendo assim a tendência de crescimento apresentada ao longo do ano passado quando o Terminal de Carga registrou recorde histórico de movimentação de carga (em peso) desde o início integral da concessão do aeroporto, em 2013.  A nova alta em janeiro foi alavancada pelo aumento das movimentações na importação, na exportação, nas cargas domésticas (nacionais) e nas remessas expressas. Na importação, a alta no peso foi de 36,8% no mês de janeiro na comparação com o mesmo período do ano passado, com um total de 10,9 mil toneladas que chegaram ao país pelo TECA de Viracopos.   A exportação também apresentou bons resultados com alta de 63,9% no mês de janeiro em relação a janeiro de 2020, com um total de 5,8 mil toneladas de carga saindo do país por Viracopos.   Outro setor que apresentou alta foi o de remessas expressas (courier), de importação e exportação, com 10% de crescimento em janeiro de 2021 em relação ao mesmo mês de 2020. Foram movimentadas 463 quilos de remessas no primeiro mês deste ano ante 421 de janeiro de 2020. Foto: Divulgação    



Publicidade